Événements

Événements

Appel à contribution pour la Revue Metamorfoses: dossier sur les 50 ans de la Révolution des Œillets Télécharger au format iCal
 
Chamada para submissão de artigos: revista Metamorfoses (UFRJ)
 
Dossiê "50 anos da Revolução dos Cravos: acontecimento, testemunho e narrativa"
 
"Qual a cor da liberdade? / É verde, verde e vermelha", escrevia Jorge de Sena em meio ao júbilo que se seguiu à Revolução dos Cravos, quase duas décadas depois de ter expressado, em "Quem a tem" (1956), o seu anseio em viver o bastante para experienciar o sentido daquela palavra no seu país de origem.
 
Para os de perto e os de longe, no espaço e no tempo, o 25 de abril de 1974 foi um acontecimento: algo a que não se pode ficar indiferente, um dia lembrado em detalhes por aqueles que o viveram, um dia poética e narrativamente revisitado, sob perspectivas variadas e em diferentes momentos, por testemunhas diretas e indiretas.
 
Os exemplos são muitos, alguns bastante conhecidos, como a celebração daquele "dia inicial inteiro e limpo" presente nos versos de Sophia de Mello Breyner Andresen, onde, ainda hoje, na poesia, "livres habitamos a substância do tempo"; como a canção de Chico Buarque, por "tanto mar" separado da festa, mas contente com ela e, de certa forma, disposto a plantar cravos em seu próprio país; como outras reflexões poéticas assinadas pelo já citado Jorge de Sena, a lembrar, por exemplo, que "quem te amar, ó liberdade, tem de amar com paciência"; como também as narrativas ficcionais construídas em torno daquele e de outros dias "levantados e principais" a ele relacionados, e que foram recriados e problematizados por escritores como José Saramago (A noite, Levantado do chão), Lídia Jorge (O dia dos prodígios, Os memoráveis), Helder Macedo (Pedro e Paula), Dulce Maria Cardoso (O retorno), entre tantos outros.
 
Diante desse cenário poético-narrativo amplo e variado, e em comemoração aos cinquenta anos daquele acontecimento, que continua a estimular uma série de produções ficcionais e ensaísticas, a Cátedra Jorge de Sena e a revista Metamorfoses convidam investigadores dos estudos luso-afro-brasileiros a submeter propostas de artigo subordinadas ao tema "50 anos da Revolução dos Cravos: acontecimento, testemunho e narrativa". Trata-se, portanto, de aprofundar um debate, já bastante desenvolvido, sobre a produção em torno do 25 de abril a partir de três eixos e noções interdisciplinares, que concernem, naturalmente, as literaturas e culturas dos países de língua portuguesa, mas também a Sociologia, a História, a Filosofia, os Estudos Narrativos e Mediáticos etc.
 
As normas para publicação encontram-se na página da revista, e a data limite para o envio de artigos é o dia 15 de fevereiro de 2024.
 
Recordamos que a revista Metamorfoses recebe, em fluxo contínuo, resenhas de livros (de livre escolha) publicados nos dois últimos anos.
 
Organização:
Alexandre Montaury (PUC-Rio)
Ângela Beatriz de Carvalho Faria (UFRJ)
Sara Grünhagen (Sorbonne Nouvelle/Universidade de Coimbra)
Lieu UFRJ
Contact 

En ligne

Nous avons aucun invité et un membre en ligne

Agenda

Février 2024
L Ma Me J V S D
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 1 2 3

Congrès, colloques et journées d'étude

Aucun évènement

Séminaires

Aucun évènement

Bureau de la SoFHIA

Caroline Lepage

Présidente de la SoFHIA

Hélène THIEULIN-PARDO

Vice-présidente aire hispanique

Graça DOS SANTOS

Vice-Présidente aire lusophone

Marion GAUTEAU

Vice-Présidente aire latino-américaine

Immaculada FÀBREGAS

Vice-Présidente aire catalanophone

Nadia MÉKOUAR-HERTZBERG

Vice-Présidente Bourses SoFHIA

Xavier ESCUDERO

Trésorier

Thomas Faye

Secrétaire général

Eva TOUBOUL

Secrétaire générale

Anne PUECH

Responsable du site

Cécile VINCENT-CASSY

Co-rédactrice en chef HispanismeS

Marta LÓPEZ IZQUIERDO

Co-rédactrice en chef HispanismeS

Carole FILLIÈRE

Responsable correspondants et réseaux

hispanismes-btn

galet-groupement-des-associations-de-langues-etrangeres

REAH (Réseau Européen d'Associations d'Hispanistes)